1 de out de 2015

E se “Todo mundo odeia o Chris” fosse filmado no Brasil?




Quem nunca assistiu pelo menos um episódio de Todo mundo odeia o Chris? A trama é de um garoto de classe baixa que vive se metendo em confusões, pois é veja como seria se essa série fosse filmada no Brasil, com atores brasileiros.

Chris - Jean Paulo Campos

O ator que ficou nacionalmente famoso pelo Cirilo da versão moderna de “Carrossel” e na “Patrulha Salvadora” seria o protagonista ideal para a série na versão brasileira pela sua semelhança física e a experiência de se dar mal com os amigos mesmo tendo bom coração, como era na Escola Mundial.

Rochelle - Zezeh Barbosa

A mãezona superprotetora, paranóica e cheia de manias da família Rock ficaria por conta da divertida atriz que atualmente faz Dália em “I Love Paraisópolis” e arrasa nas caras e bocas, assim como Rochelle.

Julius - Aílton Graça

O ator que fez sucesso recente em “Império” no papel de Chana faria o turrão Julius. Mesmo não sendo fortão como Terry Crews, Aílton tem em comum com o fato de ser excelente dançarino, como provou na “Dança dos Famosos”.

Drew - Patrick Fragoso Barbosa

O ator mirim que ficou conhecido como Mc Nicolas em “Cheias de Charme” daria vida ao irmão mais novo que parecia ser mais velho do que Chris. Quem sabe se na versão brasileira, o Drew gostasse de cantar funk ao invés de artes marciais?

Tonya - Sabrina Nonata

A atriz que fez a fílha de Camila Pitanga em “Babilônia” daria vida a irmã caçula de Chris. Em comum, as duas demonstraram bastante esperteza e um jeito de desconcertar e conquistar os adultos.

Greg - Guilherme Seta

O Davi de “Carrossel” seria o melhor amigo de Chris. Além de se parecerem muito, ambos são meninos bonzinhos e inocentes que frequentemente se enfiam em confusões para ajudar ou defender o amigo.

Caruso - Konstantino Atan

O rival de Chris seria interpretado pelo interprete de Adriano, também de “Carrosel”. Seria um desafio e interessante ver o simpático Konstantino tendo que fazer um vilão.

Sr. Omar - Antônio Pitanga

O mórbido vizinho da família Rock seria feito pelo consagrado ator que consegue ser mestre em personagens curiosos. Como esquecer o namorado da Dona Jura, Tião? Ele tinha muito de Sr. Omar (menos os defuntos).

Srta. Morello - Carla Fioroni

A professora sem noção e atrapalhada de Chris que sempre tem algo a dizer, mas nunca a coisa certa, lembra demais a atrapalhada zeladora de “Chiquititas”, Ernestina.

Jerome - Darlan Cunha

O personagem que sempre “emprestava” dinheiro de Chris poderia ser interpretado pelo ator de “Cidade dos Homens”.

Tasha - Julia Oliver

A paixão platônica de Chris ganharia vida com a atriz que fez Pata na última versão de “Chiquititas”. A única dúvida seria em torno da idade de Julia, que é um pouco mais velha do que Jean Paulo, o nosso Chris.

Doc - Luis Miranda

O enigmático dono do mercadinho, que de vez em quando é ranzinza e às vezes é simpático, seria perfeitamente interpretado pelo ator global que já mostrou em diversos papéis (tanto no “Zorra” quanto em filmes, como “Meu nome não e Johnny”) que é capaz de fazer alguém com tantas diferenças de humor.

Golpe Baixo - Lázaro Ramos

Quando falamos de um grande sucesso nacional, não pode faltar Lázaro Ramos, que com seu talento poderia interpretar o muito louco “Golpe Baixo”.

Perigo - Bongô do Castelo Rá-Tim-Bum

Caracterizado como Bongô, o ator Eduardo Silva, poderia interpretar o Perigo. Apesar de não ser um malandro, Bongo sempre dava um jeito de “contrabandear” umas pizzas para o pessoal do Castelo. Coisa que o Perigo faria, mas com qualidade duvidosa.




Um blog de Curiosidades
Uêba - Os Melhores Links