28 de nov de 2016

A dona da voz do Google no Brasil




Sabe aquele seu trabalho da faculdade ou expressão em outro idioma que viu por aí na rua e precisou saber a tradução? a primeira ferramenta de tradução que você recorre é ao Google Tradutor.

De acordo com o próprio site da ferramenta, “Em 2006, começamos com traduções baseadas em aprendizado de máquina entre Inglês e árabe, chinês e russo. Quase 10 anos depois, com a atualização de hoje, agora oferecemos 103 línguas que cobrem 99% da população online.
Usando o recurso de tradução em voz, uma fala feminina sempre nos dá as informações nas quais precisamos. Mas você já parou para pensar de quem é a dona da voz do Google Tradutor em português?
A dona da voz do Google no Brasil
Segundo informações do portal de notícias G1, “a mulher que dá voz ao Google no Brasil tem 49 anos, é casada, mãe de dois filhos e moradora de São Paulo.
Além de pronunciar as palavras em português, Regina Bittar é responsável, por tabela, pelas piadas e trotes feitos com a voz robótica do Google Translator na internet.”
A dona da voz do Google no Brasil
Lançado em maio de 2010, o recurso de voz da ferramenta de tradução gratuita do Google foi lançado e Regina conta como a voz dela foi selecionada um ano antes dele estar disponível na versão brasileira. “O que posso falar é que participei de uma seleção com uma fonoaudióloga e comecei as gravações no início de 2009”, afirma.
Ela conta que para fazer a voz na ferramenta, precisa usar uma voz pausada, linear, sem emoção ou musicalidade e que não pode ser muito rápida e nem coloquial, porque as pessoas que estão ouvindo não vão prestar muita atenção. Ela conta que “há diferenças de linguagem para cada veículo.
A dona da voz do Google no Brasil
O rádio, por exemplo, é áudio puro, sem imagens, por isso a interpretação é mais acentuada. A voz é a mesma, o que muda é o tom.
Na minha opinião, o locutor é como o vinho, vai ficando cada vez melhor. Com o tempo, você aprende a usar o seu ‘instrumento“.
A dona da voz do Google no Brasil
Ela trabalha como locutora e já fez diversos comerciais de TV. Regina conta que ouvir a própria voz no Google Tradutor é bem diferente.
Na primeira vez que usei a ferramenta, eu ria sozinha. Apesar dos anos, ainda tomo sustos. Até hoje me impressiono com o que fiz.
Recentemente, eu comprei um iPhone e um amigo me disse: ‘você também está lá. Um dia fui gravar um institucional e tinha o termo ‘absenteísmo’. Por não saber como se falava, consultei a ‘voz do Google’ e deu certo.”
Ela conta que dos vídeos de trote que já fizeram com a voz dela, o seu preferido é o do trote na pizzaria, que já teve mais de 1 milhão de acessos. Confira o vídeo preferido da dona da voz do Google Tradutor:


Fonte: Fatos Desconhecidos



Um blog de Curiosidades
Uêba - Os Melhores Links