28 de out de 2015

A história real de Todo mundo odeia o Chris




Se você nunca se contorceu de rir com as histórias mal-sucedidas de Chris ou, nunca ficou com medo dos gritos de Rochelle, não sabe o que é diversão na vida. O seriado Todo Mundo Odeia o Chris, transmitido entre 2005 e 2009 (com quatro temporadas), apesar de caricato e um tanto exagerado, já fez todo mundo parar para pensar na vida e na relação familiar.
O que ninguém sabe, no entanto, é que por trás de tanta palhaçada e das experiências sempre ruins de Chris com a vida, existe um fundo de verdade. Isso porque toda a trama da série é baseada na infância do ator e comediante Chris Rock, que participa do seriado com alguns papéis menores e é o narrador.
Claro que muitas adaptações da história real foram feitas até a família da ficção chegar ao formato que foi para a TV, até porque o astro de Hollywood tem sete irmãos e seria bem difícil colocar todo mundo no enredo. Mas, no final deu tudo certo e a história saiu melhor que a encomenda, não é mesmo?
Confira abaixo, um pouco mais da história verdadeira e os personagens de Todo Mundo Odeia o Chris:

1. Chris (Chris Rock)

1
Como o criador da série, o ator colocou no enredo de Todo Mundo Odeia o Chris um pouco de suas experiências de infância, em especial da época em que se mudou para o Brooklyn com sua família. Na época, o ator realmente precisou frequentar escolas populares, com a grande maioria de alunos brancos; e, por isso, enfrentava toda a espécie de bullying e racismo. Antes de seguir o ramo da fama, a juventude de Chris foi marcada com uma série de trabalhos em fast foods.

2. Tonya (Na verdade, é Tony Rock)

2 Embora seja uma menina na série, a personagem de Tonya foi baseada no irmão mais novo de Chris, Tony. Na vida adulta, Tony também se tornou comediante.

3. Drew (Andrew Rock)

3
Outro irmão de Chris que ganhou um personagem no seriado foi Andrew, que foi apelidado de Drew. Havia outros 5 irmão reais do ator, que acabaram não entrando no enredo da série.

4. Rochelle (Rosaline Rock)

1
A mãe de Chris, na vida real, se chama Rosaline e, ao invés de dona de casa (e várias outras profissões ao longo da série), era professora. O temperamento, no entanto, era o mesmo, segundo Chris.

5. Julius (Christopher Julius Rock II)

1
O pai de Chris, na vida real, também trabalhava como caminhoneiro e entregador de jornais. Mas, ao contrário da história na TV, o pai do ator morreu em 1988, após uma cirurgia de úlcera.
E agora, a série passou a fazer mais sentido pra você?


[FONTE]



Um blog de Curiosidades
Uêba - Os Melhores Links