26 de nov de 2015

A casa mais assustadora do mundo




A “Winchester Mystery House” é uma mansão em San Jose, Califórnia, que já foi a residência pessoal de Sarah Winchester, a viúva do magnata das armas, William Wirt Winchester. Localizado no 525 South Winchester Blvd. em San Jose, a mansão em estilo vitoriano é conhecida por seu tamanho, suas curiosidades arquitetônicas e sua falta de qualquer plano de construção. É um marco histórico da Califórnia e a casa está protegida pelo Registro Nacional de Lugares Históricos. Ele é de propriedade privada e serve como uma atração turística.
Desde que começou a construção em 1884, a propriedade e a mansão foi acusada, incluindo pelos próprios Winchester de ser assombrada pelos fantasmas dos mortos com rifles Winchester. Sob a orientação de Winchester, a construção começou, sem interrupção, até sua morte em 5 de Setembro de 1922, altura em que o trabalho cessou imediatamente.
O biógrafo de Sarah Winchester, no entanto, afirma que a esposa de William Winchester demitia rotineiramente os trabalhadores. Após a morte de seu marido em 1881, Sarah Winchester herdou mais de 20,5 milhões de dólares. Ela também recebeu cerca de cinquenta por cento da Winchester Repeating Arms Company, dando-lhe uma receita de cerca de US $ 1.000 por dia, o equivalente a cerca de 23.000 por dia em 2013. Essa herança deu-lhe uma enorme quantidade de dinheiro que ela usou para financiar a construção da residência.

Motivo da construção

A casa mais assustadora do mundo
Tablóides da época alegaram que algum ponto depois da morte de seu marido, a viúva chamou um médium para canalizar o espírito de seu falecido marido. O espírito disse que ela deveria deixar sua casa em New Haven e viajar para o Oeste, onde ela devia construir uma casa para ela e os espíritos de pessoas que tinham sido vítimas de rifles Winchester.
Sarah Winchester deixou New Haven e se dirigiu para a Califórnia. Embora seja possível que ela estava simplesmente buscando uma mudança de local e um passatempo durante sua longa depressão, outras fontes afirmam que Sarah chegou a acreditar que sua família e fortuna eram assombradas por fantasmas, e que apenas mudando-se para o oeste ela poderia apaziguar os espíritos.

Chegada na California

A casa mais assustadora do mundo
Em 1884, ela comprou uma casa inacabada no Vale de Santa Clara e começou a construir sua mansão. Carpinteiros foram contratados e trabalharam na casa dia e noite até que se tornou uma mansão de sete andares. Ela não usou um arquiteto e ia acrescentado cômodos ao edifício de uma forma aleatória. Por isso, a casa contém numerosas excentricidades, como portas e escadas que vão a lugar nenhum e janelas com vistas para outros quartos.
Antes do terremoto de 1906, a casa tinha sete andares de altura, mas hoje tem apenas quatro andares. A casa é predominantemente feita de pau-brasil, madeira preferida da viúva. Foram usados cerca de 78.000 litros de tinta para pintar a casa. A casa em si é construída usando uma base flutuante que se acredita ser o motivo do seu desabamento parcial no no terremoto de 1906 e 1989.
Este tipo de construção permite que a casa desloque-se livremente, uma vez que não é completamente ligada à sua base de tijolos. A mansão tem 160 cômodos, incluindo 40 quartos, 2 salões (um concluído e um inacabado), bem como 47 lareiras, mais de 10.000 painéis de vidro, 17 chaminés (com evidência de outras dois), dois subsolos e três elevadores.

Propriedade

A casa mais assustadora do mundo
A propriedade tinha cerca de 162 acres, mas a propriedade já foi reduzida para 4,5 acres – o mínimo necessário para a casa e anexos nas proximidades. O local tem lustres de ouro e prata e uma vasta gama de cores e materiais de decoração. Devido à artrite debilitante da Sra. Winchester, escadas especiais foram instaladas.
Itens de conforto eram raros na época da construção da casa. A mansão tinha aquecimento a vapor de ar forçado, três elevadores, um dos quais era alimentado por uma válvula horizontal de pistão. Sra. Winchester nunca economizou na decoração, o que contribuiu para a sua beleza arquitetônica. Muitos dos vitrais foram criados pela Tiffany Company.
A casa mais assustadora do mundo
Quando Winchester morreu, todas as suas posses foram para a sua sobrinha e sua secretária pessoal. Sua sobrinha, em seguida, levou tudo o que ela queria e vendeu o resto em um leilão privado. Ela supostamente levou seis caminhões que trabalharam oito horas por dia durante seis semanas para remover todos os móveis da casa.
A mansão foi vendida em um leilão para um investidor local por 135.000 dólares. Em fevereiro de 1923, cinco meses após a morte de Winchester, a casa foi aberta ao público, com Mayme Brown servindo como o primeiro guia de turismo. Harry Houdini visitou a mansão em 1924 e chamou o local de Mystery House (Casa Misteriosa).
Hoje a casa é propriedade de Winchester Investments LLC, uma empresa privada que representa os descendentes de John e Mayme Brown. A casa mantém toques exclusivos que refletem as crenças da Sra.Winchester e sua preocupação relatada com afastar espíritos malévolos.



[FONTE]



Um blog de Curiosidades
Uêba - Os Melhores Links