10 de mar de 2016

O que acontece com o ser humano quando ele contrai a “raiva canina”?




A raiva é considerada umas das mais antigas doenças que já afetaram a humanidade, e apesar de atualmente já considerarmos que ela está “controlada”, devemos nos atentar aos seus sintomas e consequências. Mas afinal, o que é a Raiva?
Primeiramente precisamos entender que a Raiva é uma doença bastante séria, e também pode ser conhecida como “Rábia”. E não, não estamos falando do estado emocional que uma pessoa pode entrar em situações extremas, a raiva nesse caso é uma zoonose, ou seja, ela pode afetar animais e seres humanos e é causada por um vírus.

O que acontece com o ser humano quando ele contrai a “raiva canina”?
 Para vocês terem uma ideia mais ampla da gravidade dessa doença, ainda hoje, (que já existe a vacina antirrábica) o número de mortos por ano em todo o mundo chega ao número de 55 mil vítimas.
O que acontece com o ser humano quando ele contrai a “raiva canina”?
Isso porque, ela é praticamente fatal, uma vez infectado, poucas são as chances do paciente sobreviver, e apenas 3 pessoas que não haviam sido vacinadas e contraíram a doença já sobreviveram.
A Raiva é uma doença bastante potente, e de uma certa forma, fascina os pesquisadores, pelas suas características atípicas e eficiência absurda quando o assunto é atacar o sistema nervoso e cerebral.
O contágio pode ocorrer de diversas formas, a mais comum delas, é através do contato com animais selvagens ou domésticos que estão infectados, eles podem transmitir o vírus através de sua saliva, e diferentemente do que muitos acreditam, não é preciso ser mordido pelo animal para ser contaminado, a própria lambida sobre alguma ferida no corpo também pode gerar a contaminação.
O que acontece com o ser humano quando ele contrai a “raiva canina”?
Ou seja, é bastante fácil para o vírus, se hospedar em alguém. Mas bom, vamos para o que nos interessa. Afinal, quais são os bizarros sintomas que esse vírus causa nos seres-humanos?
Então, o vírus pode muito rapidamente infectar o cérebro, causando inflamação nesse órgão, que gera dor de cabeça, dor no pescoço, febre, delírios, e problemas de respiração.
Agora o mais interessante, são os efeitos comportamentais que este bizarro vírus causa, como por exemplo os espasmos musculares incontroláveis que ocorrem, graças ao seu efeito sobre o sistema de coordenação de ação do cérebro. A dor também deixam a maioria das vítimas agressivas, e por isso a doença recebeu esse nome popular, a “raiva”.
O que acontece com o ser humano quando ele contrai a “raiva canina”?
Outro efeito bastante peculiar da doença, e que muitos interpretam da maneira errada é a hidrofobia, ou seja, o pavor ou medo de água, mas neste caso o paciente não passa a sentir medo dessa substancia liquida, mas o que realmente ocorre é o que chamamos de “Disfagia”, que é a dificuldade de engolir.
Confira abaixo, um vídeo recente (2007) que mostra exatamente como um paciente infectado pela Raiva, reage ao tentar engolir um pouco de água:



Fonte: Ultra Curioso  



Um blog de Curiosidades
Uêba - Os Melhores Links